Podcast: Mulheres na Indústria e VR pra game audio, vai ou não vai?

Por Thiago Adamo

Hoje o Game Audio Drops, terá uma edição especial, com a participação de mulheres em todos os estágios da nossa indústria, as experientes compositoras e audio designers: Bettina Calmon e Juliane Andrezzo; e duas novas profissionais da área, a Danielle Serranú (nossa participante do podcast) e a Luiza Aguiar que esta estudando para se tornar uma audio designer focada em games.

Pra assistir ao vivo o podcast é só estar disponível as 18:30 horário de Brasilia, nele tanto eu (Thiago Adamo) e o Mauricio Ruiz, vamos abordar com a ajuda das convidadas nossas impressões e experiências sobre VR em jogos, plugins, ferramentas e o que você precisa pra entender como fazer e saber se a gente acha que vai ou não vai esse negócio de Realidade Virtual pra games!

Como Fazer para que a Divulgação do seu Trabalho de Game Audio Seja Efetiva

Por Danielle Serranú

Como ter sucesso em um mercado como o de música e efeitos sonoros para games? A chave é ter uma boa divulgação e um bom processo de marketing. Não importa como pareça para você, mas publicidade não é um bicho de 7 cabeças. Nesse artigo vamos mostrar algumas dicas de como fazer uma divulgação simples, mas eficiente.

 Capa como fazer para que a divulgação do seu trabalho seja efetiva

Capa como fazer para que a divulgação do seu trabalho seja efetiva

Um erro muito comum entre compositores e sound designers é a falta de investimento em marketing pessoal. Compartilhamos uma ideia errada de que vender seu trabalho é sujo, indigno e até indecente. Mas a verdade é que um bom marketing é a porta de entrada para seu sucesso no mundo de game audio.

Sem conhecer você ou o seu trabalho, os desenvolvedores nunca irão te contratar, simplesmente porque eles não sabem que você existe. Esse é um dos principais motivos de porquê você deveria investir em marketing hoje mesmo!

Não tenha medo de mostrar seu trabalho

Insegurança existe em todos nós, mas você precisa enfrentá-la se você quer se tornar um compositor(a) de sucesso. Pensamentos como "meu trabalho não está bom o bastante" ou "eu não tenho nível para competir com tal pessoa" são comuns, mas você não pode deixar que eles te impeçam de chegar no seu objetivo.

Você precisa mostrar suas músicas e efeitos sonoros, isso é uma necessidade! Além da possibilidade de ganhar feedbacks, você pode ter a oportunidade de ter seu trabalho conhecido por outros profissionais da área.

Nesse vídeo o Thiago Adamo fala em alguns poucos minutos um pouquinho de porquê você não deve ter medo de mostrar seu trabalho e modos legais e com contexto de fazer isso.

Outra coisa legal, quando falamos de mostrar seu trabalho, é entender e saber como receber as críticas e feedbacks. A Game Audio Academy possui um podcast com esse tema que eu também vou deixar aqui para vocês darem uma olhada.

Crie uma página no facebook, um canal ou um site

O jeito mais fácil de ganhar visibilidade hoje em dia é por via das redes sociais. As pessoas passam horas na internet acompanhando sites, canais no youtube, páginas no facebook ou instagram. Pense bem, a sua pode ser uma delas.

Crie conteúdos simples, efetivos e com contexto. As pessoas gostam de acompanhar o trabalho alheio e tudo se torna melhor quando elas se entretém enquanto fazem isso. Poste imagens bonitas, dicas compositivas ou atualizações dos seus projetos. Além de ganhar visibilidade, você pode receber ofertas de trabalho simplesmente porque fez uma boa divulgação.

Você pode receber mais informações sobre esse assunto nesse vídeo, onde o Thiago Adamo explica um pouquinho sobre contexto, que é uma das coisas mais importantes na área de divulgação. Aprenda a fazer marketing sem fazer spam!

Observe o que os bons profissionais fazem

Nós não esperamos que de uma hora para a outra você se torne um gênio das redes sociais. Marketing, assim como tudo na vida, requer aprendizado, dedicação e experiência. É por isso que uma boa dica para quem está começando é observar o que bons profissionais fazem.

Seguir páginas parecidas com a sua nas redes sociais pode ajudar, desse modo você começa a desenvolver uma noção do que fazer e do que não fazer. Nenhuma dessas pessoas criou uma nova fórmula de marketing, se elas tem visibilidade é porque elas estão repetindo técnicas que já se provaram efetivas.

Não tenha medo de acompanhar amigos, ídolos, outras páginas de divulgação e repetir o que elas fazem. Posts como vídeos cover, análise de plugins, posts de blog são grandes ideias para começar a consolidar seu público, não tenha medo de usá-las!

Além disso, quer ter o tipo de diferencial que te faz conseguir trabalhos e se destacar na multidão? Nesse vídeo do Thiago, o Fernando Pepe, sound designer, dá uma dica bem legal para quem quer ter destaque no mercado.

Tenha um bom portfólio

Nenhuma dessas dicas vai funcionar se você não tiver um bom portfólio para mostrar aos seus clientes. Garanta que as músicas estejam na melhor qualidade possível, publique-as em seu Soundcloud ou no Spotify e esteja pronto(a) para mostrá-las se necessário.

Uma boa dica é possuir uma grande variedade de gêneros e estilos de músicas para mostrar. É incrível quando alguém te conhece pelo seu estilo, mas é ainda mais incrível quando você é conhecido como um compositor/sound designer versátil.

Também é interessante investir em um demo reel, um vídeo curto mostrando seus trabalhos como compositor(a) para games. Além de entreter, os desenvolvedores tem a chance de olhar cada música no contexto para o qual ela foi criada, o que pode dar muito mais sentido a sua composição.

Se você ainda possui dúvidas de como montar seu portfólio, nós fizemos um post explicando como você pode alcançar um portfólio eficiente, clique aqui para dar uma olhada. Além disso, o Thiago Adamo também tem um vídeo explicando o que são Game Jams e como tirar o máximo de proveito delas.

 

Se você tem interesse em se tornar um(a) grande profissional no mercado de música e efeitos sonoros para videogames, continue acompanhando nossos conteúdos. Nós temos novidades diárias sobre o mercado, dicas e alguns ensinamentos que adoramos compartilhar com vocês.

Confira totalmente de graça nosso minicurso: 5 PASSOS PARA CRIAR MÚSICA DE GAMES

Não deixe de dar uma olhada no nosso livro também disponível de graça:

GAME AUDIO BUSINESS: O GUIA DO MERCADO EM ÁUDIO PARA GAMES

Dois conteúdos indispensáveis se você se interessa em game audio, disponíveis totalmente de graça para você!

O QUE É MUSICAL SOUND DESIGN PARA GAMES?

Por Thiago Adamo

Antes de tudo gostaria avisar que agora teremos artigos de forma mais presente aqui no nosso site, e principalmente, quero muito que você participe seguindo a Game Audio Academy no instagram, twitter, facebook e youtube, pois os conteúdos são religiosamente semanais para te educar mais sobre áudio para games.

01_musicalsounddesign.jpg

Eu estou escrevendo esse post durante a Audio Track da GDC 2018, e estou pelo terceiro ano consecutivo comparecendo na maior conferencia de desenvolvimento de games do mundo.

Ontem durante o Audio Bootcamp (evento introdutório da track de áudio), rolou um talk muito bacana do Brian Trifon e do Brian Lee White, fundadores da Finishing Move falando sobre Musical Sound Design.

O que é?

Basicamente é a utilização da técnica de sampling (gravação de sons reais) e síntese sonora (criação de timbres sintéticos) para criar sons únicos que via MIDI vão virar música, é a mesma técnica que usei no famoso vídeo criando música de terror com uma panela, se quiser ver o vídeo só entrar no nosso canal do youtube!

Com essas técnicas essa dupla de Brians criou sons únicos para revitalizar a trilha sonora clássica do jogo Halo, para a versão Anniversary e também para criar música para Halo Wars 2.

Nesta palestra eles mostraram como criaram sons sintéticos baseados na captação de sons reais de instrumentos antigos ou de elementos do dia-a-dia.

Em breve traremos um papo em vídeo do Brian, exclusivo para Game Audio Academy!

Aos alunos do nosso Curso Completo estamos lançando durante a semana da GDC materiais especiais destrinchando todo conteúdo da feira (só entrar na área do aluno pra encontrar agora).

Caso você não tenha entendido a maioria das coisas, no minicurso 5 passos eu explico bem quais são as ferramentas utilizadas para sampling, eu recomendo que você assista por 2 motivos:

1- Só tem 40 minutos de vídeo

2- É de graça!

Faça agora nosso minicurso: 5 passos para criar áudio para games.

 

Rocket Fist - Entendendo a música Punch Barry - Minisérie em 3 vídeos!

Por Thiago Adamo

A trilha que criei pro Rocket Fist definitivamente não é uma trilha comum, é uma trilha com 33 músicas para um jogo que foi o primeiro jogo Brasileiro a sair pra Nintendo Switch e que tive a felicidade de receber criticas como as da principal publicação de Nintendo do mundo, a Nintendo Life:

 Review da Nintendo Life

Review da Nintendo Life

Também rolou algo parecido do Estadão:

 Review da Coluna Link do Estadão

Review da Coluna Link do Estadão

Com isso posso cravar que foi um dos meus trabalhos mais elogiados, se pensar em critica sem dúvida foi o mais elogiado de todos que já fiz, com isso o interesse das pessoas em entender o processo de composição cresceu e por isso criei essa minissérie de 3 vídeos!

A Punch Barry é um das músicas mais emblemáticas da trilha sonora que criei para o jogo Rocket Fist, ela tem elementos de Future House e uma inspiração no nome de uma das maiores influências minhas em áudio pra games, Barry Leitch (compositor da trilha do jogo Top Gear e do Horizon Chase).

Nesta série em 3 episódios eu explico influências e ideia da música, teoria musical, harmonia e finalmente toda parte técnica de produção e arranjo da música.

No episódio 2 ainda temos a participação especial de um dos nossos mais valorosos colaboradores e alunos, o maestro, compositor e músico, Rodrigo Faleiros, nesse episódio ele explica uma maluquice que fiz na harmonia da música :)

Assista aos episódios na ordem!

Espero que tenha gostado e quero saber mais sua opinião pelos comentários, escreve ai, inclusive se quer que eu continue a série!

Abraços e até próxima!